Sabemos que existem inúmeras denúncia de violência obstétrica e que a saúde das pessoas grávidas é frequentemente negligenciada, principalmente no que diz respeito às mulheres negras e periféricas.


Porém durante a pandemia isso se intensificou. As mulheres brasileiras são as que mais morrem de Covid, tem redução do acompanhamento pré-natal e frequentemente estão desassistidas durante o parto. O trabalho e o cuidado às crianças também estão bastante dificultados neste momento.

É possível melhorarmos essa situação! Vem contar pra gente suas experiências para pensarmos juntas em alternativas.

Veja nossa política de privacidade. Este site é protegido pelo reCAPTCHA e, por isso, a política de privacidade e os termos de serviço do Google também se aplicam.

Obrigada! Inscrição enviada. Cheque seu e-mail para novidades.