LGBTI+

  1. Observatório contra a LGBTfobia, que reúna dados sobre a população LGBT e a violência LGBTfóbica.
  2. Atendimento especializados em delegacias/postos de atendimento de guardas municipais voltados para a população LGBTI+ vítima de discriminação
  3. Treinamento para profissionais da área da saúde para atendimento da população LGBT. Criar e reforçar políticas de combate ao HIV/AIDS, e de atenção às particularidades da saúde de mulheres lésbicas e bissexuais, e de mulheres transexuais, homens trans e travestis.
  4. Combate ao preconceito na escola. Promover o aprendizado sobre questões de gênero e orientação sexual, voltado para o respeito às diferenças.
  5. Implementar e garantir o respeito ao nome social em todos os equipamentos da rede municipal.
  6. Abrigos para LGBTs em situações de rua ou que foram expulsas de casa, com respeito à identidade de gênero das travestis e pessoas transexuais.
  7. Criar programa para garantir emprego para a população LGBTI+ (com cota para a população T), com contratos e alternativas de rescisão caso a empresa não cumpra com sua parte